[ Resenha ] Viagem ao Sobrenatural - Roger J. Morneau

5
Olá leitores!

Trago a resenha deste livro fantástico, que é uma história real.

Este foi um livro que li em dois dias, não é grande, apenas 176 páginas, mas com um conteúdo muito forte e interessante. Pela primeira vez, utilizei-me do recurso do grifo. Terminantemente eu não risco meus livros, por mais que eu ache pertinente determinados trechos, mas fiz isso nesse porque realmente o conteúdo é bem esclarecedor.

Viagem ao Sobrenatural conta a história de Roger, desde de criança a fase adulta. Conhecemos um pouco mais sobre ele e o contexto da religiosidade que o acompanhou por toda sua vida.

A família de Roger sempre foi adepta do Catolicismo e ele fora criado seguindo os dogmas da igreja e as tradições por ela impostas. Só que ele sempre fora um garoto perspicaz e questionava certos pontos que até mesmo os mais fervorosos não conseguiam explicar. 

Já adulto, após uma decepção ligada a sua crença e outras coisas que passaram a incomodar Morneau, ele sai da igreja católica, acreditando que ela não traduz o que seria de fato a postura de Deus com relação a todos nós.

Através de um amigo, o Roger é levado ao culto aos demônios, adoração aos espíritos. E nesse processo de conhecimento dessa espécie de culto, o livro descreve todo o ritual que envolve os seus adeptos e experiências vividas pelo protagonista até se tornar um deles. Posteriormente, como sua vida muda após começar o estudo profundo das escrituras bíblicas, sua fundamental importância e como foi desafiador sair do culto aos demônios.

Um livro realmente FANTÁSTICO. Muitos não dão valor ou não acreditam na existência dos demônios e sua influência na vida das pessoas. Porém, a própria bíblia fala sobre eles e o quanto isso é verdadeiro. Inclusive, em uma passagem no livro de Apocalipse 12:9 e 12, narra o seguinte:

" 9. E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra, e, com ele, os seus anjos.
   12. Ai da terra e do mar, pois o diabo desceu até vós, cheio de grande cólera, sabendo que pouco tempo lhe resta. "

O livro tem muitas passagens interessantes, e muitas delas eu lia mais de uma vez impressionada como o inimigo é minucioso em suas investidas. Ele também aborda a teoria do evolucionismo e criacionismo, aspectos históricos e dogmáticos da igreja católica, como a Lei de Deus foi alterada para satisfazer a vontade de homens, o que a própria bíblia condena; imortalidade da alma e muitas outras temáticas importantes.

Estejam atentos porque a maior armadilha do inimigo é justamente cegar as pessoas. Ele é o pai da mentira, mas não se utiliza dela apenas. Ele manipula a verdade com a mentira, e assim engana a muitos. E uma das suas maiores estratégias é convencer os seres humanos de que ele e seus anjos na realidade não existem. Por isso, se você crê em Deus e na Bíblia, estude-a e esteja atento as armadilhas deste mundo. 

O livro pode ser adquirido na Casa Publicadora Brasileira.

Até a próxima!


[ Resenha ] Inconfiáveis - Vinícius Teixeira

6
Olá leitores!

Trago hoje mais uma resenha de um autor parceiro. o Vinícius Teixeira.

Inconfiáveis conta a história de três pessoas: Linda Weberty, Thor Torrey e Jenna Scotti que tiveram seus destinos marcados por um mesmo homem, Dean Levinsk. 

O livro é dividido em capítulos intercalados entre esses três personagens. Conhecemos a vida de cada um deles e descobrimos como Dean atravessou o caminho deles.

Minhas impressões:

A narrativa é marcada de muita ação, sofrimento e revolta. Apesar das 110 páginas tem uma boa construção de ideias. 

Confesso que me surpreendi um pouco, pois o autor tem 15 anos, mas apesar disso tem uma boa noção acerca da política e das mazelas sociais.

Em algumas passagens utiliza-se de palavras pejorativas (que não gosto), mas pertinentes no contexto e característico dos personagens descritos.

Um ponto interessante do livro é com relação às conspirações, e sutilmente ele faz uma crítica ao governo, ao modelos pre-determinados de governo existentes, à corrupção, manipulação e do quanto o ser humano é corruptível. Isso me lembrou muito de uma frase de Thomas Hobbes:

O homem é lobo do homem, em guerra de todos contra todos.

Apesar do final previsível ao meu vê, ele fez uma boa construção narrativa. Acredito que ele está no caminho e pode se aprimorar. Teve um aspecto interessante no final, que esclarece pontos ocultos durante a história. Gostei disso.

Ademais, o livro foi me dado no formato digital, requer uma revisão por conta de alguns erros de digitação recorrentes.  Quanto a capa, achei muito interessante e representa bem a obra.

Até a próxima!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...